Sport x Santa Cruz, na Ilha do Retiro

    Sport x Santa Cruz, na Ilha do RetiroFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

A relação entre Sport e Palmeiras se iniciou em 1955. Em amistoso realizado no Recife, os paulistas foram convidados indigestos e venceram por 2×1, em plena Ilha do Retiro. De lá para cá os dois times se enfrentaram em 59 ocasiões, com 30 vitórias dos palmeirenses, 11 empates e 18 triunfos dos rubro-negros, com 85×66 para o Verdão em gols marcados. O penúltimo encontro aconteceu ano passado, pela Série A. Com quase 38 mil torcedores presentes, o Palmeiras calou a Arena de Pernambuco e venceu por 2×0, e no último encontro, em São Paulo, o alviverde goleou por 5×1.

O próximo embate está marcado para acontecer neste sábado (26), no Allianz Parque, às 19h, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro 2018. Mas dos anos 2000 para cá a rivalidade esquentou entre Leão e Porco, com os dois protagonizando vários jogos decisivos.

Leia também:
Por contrato, Sport não terá Michel Bastos contra o Palmeiras
Com Rogério dúvida, Sport deve ter três volantes contra o Verdão
Capitão e líder em desarmes: Anselmo comemora fase no Sport
Sport renova até 2021 com Maílson, possível sucessor de Magrão

Uma rivalidade que nasceu praticamente na Série B em 2003. No memorável e decisivo duelo na penúltima rodada, no Gigante do Agreste, em Garanhuns, o Sport precisava de uma vitória para se manter vivo na luta e o Palmeiras precisava vencer para carimbar a volta à elite nacional. Abrindo o placar com o zagueiro Gaúcho, o Leão tomou a virada com gols de Magrão e Edmílson, e teve o sonho do acesso encerrado.

Em 2008, outro encontro inesquecível. Pelas oitavas de final da Copa do Brasil, os leoninos iriam enfrentar o todo poderoso Palmeiras, que montara um super time com Denílson, Valdívia, Diego Souza e Kleber Gladiador. Após um 0x0 insosso em São Paulo, os rubro-negros atropelaram o Palmeiras na Ilha do Retiro, aplicando um sonoro 4×1, com direito a hat-trick de Romerito e um belo gol de Dutra fechando a conta.

No ano seguinte, a maior decepção leonina. Novamente nas oitavas de final, mas desta vez na sonhada Taça Libertadores, o Sport perdeu a ida por 1×0, em São Paulo. Com melhor campanha que o rival, os pernambucanos ganharam o direito de decidir a classificação em casa. No tempo normal, o Leão devolveu a derrota pelo mesmo placar, com gol de Wilson. Na disputa por pênaltis, Luciano Henrique, Fumagalli e Dutra desperdiçaram as suas cobranças e o Sport foi eliminado.

Em 2014, veio uma “quase revanche”. No jogo oficial de abertura do Allianz Parque, o Sport calou os quase 36 mil presentes no estádio batendo o Verdão por 2×0, com gols de Ananias e Patric. Porém, nos últimos quatro encontros o Palmeiras levou a melhor, vencendo todos, válidos pelo Brasileirão. Na 12ª colocação no Brasileirão 2018, os rubro-negros precisam quebrar essa sequência para voltar a respirar aliviado na tábua de classificação.

Caminhoneiros protestam contra elevação no preço do diesel na rodovia BR-040, em Duque de Caxias

Caminhoneiros protestam contra elevação no preço do diesel na rodovia BR-040, em Duque de Caxias Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Caminhoneiros autônomos parados nas rodovias brasileiras disseram, após a divulgação do acordo do governo e oito entidades da categoria, que não acabarão com a greve. “Os supostos sindicatos que estão negociando não representam os caminhoneiros que estão na rua”, disse o motorista Aguinaldo José de Oliveira, 40, que trabalha com transportes há 22 anos e para quem o movimento não tem um líder.

“São uns aproveitadores que não falaram com a gente antes da greve e chegaram agora, quando já estava tudo parado”, afirma o caminhoneiro que está parado na av. Anhaguera, Campinas. “Estou em mais de 30 grupos de WhatsApp e em nenhum aceitaram esse acordo.”

Leia também:
Temer anuncia acordo em evento e diz esperar que greve esteja resolvida até esta sexta

Caminhoneiros têm força para derrubar o governo 

Segundo ele, os caminhoneiros pretendem manter a paralisação porque o acordo não atinge as suas principais reivindicações. “São 14 itens que a gente nem conhece. O principal é a redução do diesel, mas não essa esmola temporária de 15 centavos.”

Outro caminhoneiro de 48 anos, parado em Campina Grande, na Paraíba e que preferiu não se identificar, concordou que o acordo não representa os trabalhadores autônomos. “Nenhum caminhoneiro vai aceitar esse acordo. O Brasil vende diesel para a Bolívia a R$ 1,80 e a gasolina a R$ 2,50. Por que não pode vender aqui também?”, questionou.

E reclamou de outros pontos que não apareceram no acordo. “Por que só caminhoneiros têm que usar tacógrafo e fazer exames toxicológicos?”. Para ele, ou todos os motoristas deveriam ser obrigados a cumprir tais exigências ou que nenhum fosse.

“Pagamos R$ 400 para um exame toxicológicoIPVAdiesel caro e ainda temos que pagar pedágio“, disse. “Não está faltando nem comida, nem bebida para gente, vamos continuar nas estradas”, afirmou o caminhoneiro.

Governo e representantes de caminhoneiros anunciaram acordo para suspender greve. Mesmo com o acordo, caminhoneiros mantêm protestos em 12 estados e no DF. Protestos seguem em BA, DF, MG, MS, PB, PE, PR, RJ, RN, RS, SC, SE e SP. Os problemas de desabastecimento de combustíveis e de alimentos seguem.

Depois uma reunião de mais de seis horas com representantes de entidades de caminhoneiros, os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil), Carlos Marun (Secretaria de Governo), Eduardo Guardia (Fazenda) e Valter Casimiro (Transportes) anunciaram na noite desta quinta-feira (24) a proposta do governo de um acordo para a suspensão da paralisação da categoria, que há quatro dias provoca bloqueios de rodovias e desabastecimento em todo o país.

Pelo texto do acordo, os representantes das entidades de caminhoneiros que ficaram até o final da reunião se comprometeram (à exceção de um) a “apresentar aos manifestantes” os termos do acordo.

Questionado se, com o anúncio, haverá normalização da situação, Padilha disse acreditar que a “qualquer momento” o movimento dos caminhoneiros começará a ser “desativado”. Mas protestos já começam a ser registrados em diversos estados na manhã desta sexta-feira(25).

Ontem, o ministro previu que, até segunda-feira (28), estará normalizada a situação nas rodovias. “Se nós começarmos hoje [quinta, 24], como imagino que vá acontecer, possivelmente nós deveremos ter um fim de semana, quem sabe até segunda-feira, todos os pontos normalizados”, declarou Padilha.

Cafezinho com Marília Arraes

                        Cafezinho com Marília Arraes Foto: Arthur de Souza

Pré-candidata ao Governo do Estado pelo PT, a vereadora Marília Arraes seguiu, ontem, para Petrolândia. A despeito da falta de definição dentro do PT, ela segue circulando pelo Estado. Antes de pegar a estrada e depois de checar se havia combustível na cidade para a qual se dirigia, concedeu entrevista a esta colunista e ao titular do Blog da Folha, Daniel Leite, na coluna digital No Cafezinho. Entre outras coisas, admitiu que sua postulação partiu de uma sugestão do senador Humberto Costa. “Demorei alguns meses para chegar e dizer: ´Tá certo, eu vou, eu topo. Porque, de qualquer forma, eu sou jovem, estou há pouco tempo no partido. E isso não é normal na política, mas como a gente está aqui para quebrar paradigma mesmo…e a base começou a encampar essa ideia…Enfim, foi movimento muito espontâneo que foi criado, a gente terminou aceitando e tá tudo certo´”, narrou a petista. Para ela, a mudança de posição do senador Humberto Costa, que passou a defender uma aliança do PT com PSB, foi “surpresa”. Ela explica o seguinte: “Foi surpresa, até porque Humberto foi, inicialmente, um dos maiores incentivadores, senão o maior incentivador, de a gente ter uma candidatura, de colocar meu nome como candidata do PT. Inclusive, numa época em que nem eu mesma tinha assimilado essa questão de ser candidata a governadora tão cedo”. E acrescenta: “Mas eu respeito a ideia do senador Humberto, apesar de achar que ele está equivocado, senão não estaria me contrapondo a ele. Ele tem direito de fazer essa defesa”. Indagada se, em algum momento, se sentiu “usada”, Marília devolve: “De forma alguma. O senador mudou de opinião. Isso é natural na política, algo que a gente precisa respeitar e entender”. A entrevista vai ao ar, hoje, no Facebook da Folha de Pernambuco e no Blog da Folha.

Jarbas fala em Senado com Geraldo
Como a coluna cantou a pedra, o deputado Jarbas Vasconcelos almoçou, ontem, com o prefeito Geraldo Julio. O encontro estendeu-se até mais de 16h. “Eu disse a ele que era candidato ao Senado”, relatou o emedebista à coluna. E emendou: “Ele disse a mim que ia me ajudar”.

Reservado > O encontro, que seria no Bar do Garoto, acabou ocorrendo na casa de Roberto Pandolfi, ex-secretário de Finanças do Recife. Jarbas informou que a mudança se deu em função do problema dos combustíveis, resultante da greve dos caminhoneiros. “Resolvemos fazer uma coisa fechada”, resumiu.

Fatia grande > Diante do ofício protocolado pela deputada Priscila Krause, solicitando, ao governador Paulo Câmara, que envie à Alepe, projeto de lei antecipando a retomada das alíquotas do ICMS sobre a gasolina e o diesel ao nível do início de sua gestão, o secretário Márcio Stefanni grifa que o ICMS do combustível representa “cerca de 20% da arrecadação”.

Petrobras 1 > Stefanni observa: “Abrir mão do ICMS é abrir mão de políticas públicas em prol de quem? Da Petrobras, que deixou a refinaria (em Suape) a meio caminho, que deixou de comprar navios em Pernambuco”.

PETROBRAS 2 – Ele prossegue: “Para esta mesma companhia, que fez um acordo de 3 bilhões de dólares na corte de Nova York, um acordo extrajudicial. Tem que pensar no povo de Pernambuco. Isso é um problema nacional. Então, a solução tem que vir da União, acionista majoritária da Petrobras”.

Inaldo Sampaio

                                Inaldo Sampaio Foto: Colunista

O Brasil convive há cinco dias com uma paralisação de caminhoneiros. Mas dificilmente ela irá além deste final de semana. O governo não aguenta conviver por muito tempo com esta paralisação. Por isso, ou arranja uma saída para a greve ou será derrubado não por um golpe militar como o de 64 e sim pelo povo nas ruas como ocorreu com Dilma em 2016. Os caminhoneiros não aceitam mais a política de preços da Petrobrás, que pode até ser boa para a empresa mas é péssima para eles, que ainda sofrem os efeitos da recessão. Daí terem cruzado os braços no início desta semana para exigir do governo a retirada de tributos federais que incidem sobre o preço do diesel. Isto obrigou Temer a convencer o até então inflexível presidente da estatal, Pedro Parente, a rever a política de reajustes da empresa, ainda que momentaneamente, e o presidente do Senado, Eunício Oliveira, a realizar uma sessão extra nesta sexta-feira para aprovar matéria que lhe dará os meios para atender aos pleitos da categoria. Há de se convir que ou o presidente faria isto ou corria o risco de ser escorraçado do Palácio do Planalto. Afinal, alguém acredita que numa democracia um governo consegue sustentar-se com aviões na pista dos aeroportos sem poder decolar por falta de combustível, postos de gasolina sem o produto para vender, rodovias federais bloqueadas, ônibus sem poder circular por falta de diesel, hospitais sem oxigênio e ameaça de desabastecimento? Greve de caminhoneiros num país em que 90% de suas cargas são transportadas por rodovias era para estar sempre nas previsões do governo federal. Mas nem disto o seu serviço de inteligência (Abin) foi capaz.

De saco cheio
Do deputado Romário Dias (PSD), ontem, na Assembleia Legislativa, em discurso sobre a greve dos caminhoneiros: “Ninguém aguenta mais ver 70% do noticiário das televisões mostrando quem roubou mais e quem roubou menos, quem pegou 20 anos de cadeia ou quem pegou dez. É hora de dar um novo rumo ao Brasil”.

Deixa comigo > Cansado de pedir ao DER para recuperar as estradas de Itapetim que foram fortemente danificadas pelas fortes chuvas que caíram no sertão nos meses de março e abril, o prefeito Adelmo Moura (PSB) resolveu bancar o conserto com dinheiro da prefeitura.

O tabu > O presidente licenciado do CREA, Evandro Alencar, vai tentar nessas eleições ser o primeiro filho do Araripe a eleger-se para a Câmara Federal. Ele é filho de Araripina e está filiado ao PRTB. O vice-prefeito Bringel Filho (PSDB) desistiu de se candidatar.

Pelo mundo > Mesmo tendo sido abandonado pelos prefeitos de Cabrobó, Salgueiro e Afrânio, todos do MDB, que contaram com o seu apoio para se eleger, Raul Henry continua candidato a deputado federal. Ontem iria a Sertânia, mas desistiu por causa da greve dos caminhoneiros.

Na dúvida > Sílvio Costa (Avante) ainda não sabe se será convidado ou não por Armando Monteiro (PTB) para ser candidato a senador pelas oposições. Ele gostaria mesmo de se candidatar na chapa de Marília Arraes, caso o PT não a impeça de disputar o governo estadual.

O jornalista Alexandre Farias foi baleado durante um tiroteio em Caruaru, no Agreste

O jornalista Alexandre Farias foi baleado durante um tiroteio em Caruaru, no Agreste Foto: Reprodução/Facebook

O jornalista e apresentador Alexandre Farias, de 40 anos, atingido por uma bala perdida em setembro de 2017 emCaruaru, no Agreste de Pernambuco, recebeu alta na tarde desta quinta-feira (24). A informação foi confirmada pelo irmão de Alexandre, José Santos Júnior. “Nós já esperávamos que a alta de Alexandre acontecesse nesta quinta. Ele está bem e consciente, sem a necessidade de cuidados hospitalares”, comemorou Júnior.

apresentador ficará sob os cuidados de seu pai, que mora em Barra de Jangada, no município de Jaboatão dos Guararapes. Lá, ainda segundo o irmão, Alexandre continuará  fazendo exercícios de estímulos para a recuperação total dos movimentos. “Ele ficará em Barra de Jangada, na casa do meu pai. O tratamento continuará sendo acompanhado diariamente por médicos com fisioterapia, fonoaudiólogos e com técnicos de enfermagem”, disse.

O apresentador estava internado no Hospital Esperança, no bairro da Ilha do Leite, no Recife, desde o dia 28 de setembro do ano passado. De acordo com a assessoria do hospital, o apresentador ficou internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) até o dia 6 de dezembro. No dia 2 de março deste ano, ele foi submetido a uma cirurgia de colocação de uma prótese craniana (cranioplastia), que proporcionou a evolução do quadro neurológico, físico e cognitivo.

Relembre o caso
O apresentador do ABTV 2ª Edição, da TV Asa Branca, afiliada da Rede Globo, foi atingido com um tiro na cabeça na noite do dia 16 de setembro, em Caruaru, Agreste de Pernambuco. O fato aconteceu após a polícia realizar uma perseguição nas proximidades do Alto do Moura.

Dois dias depois, os três suspeitos de envolvimento no tiroteio foram presos. Durante a operação, realizada no Sítio Maniçoba, na Zona Rural da cidade, próximo ao Alto do Moura, um quarto suspeito foi morto.

Em janeiro deste ano, Alexandre Farias foi aposentado por invalidez. A decisão ocorreu depois de Alexandre ter sido avaliado, em novembro do ano passado, por peritos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Dezoito voos domésticos foram cancelados, nesta quarta-feira (24), no Aeroporto Internacional do Recife, na Zona Sul da capital pernambucana, por conta da greve dos caminhoneiros. Ao todo, foram oito voos da Azul, seis da TAM e quatro da GOL.

Em um comunicado oficial publicado no site, a Azul informou que a manifestação impede o fornecimento de combustível para os aeroportos e, consequentemente, o abastecimento de aeronaves. A companhia disse que disponibiliza a remarcação de bilhetes sem custo para clientes com voos programados até o dia 31 de maio e que desejem optar por datas alternativas à sua programação.

Ainda segundo a Azul, as remarcações devem ser realizadas pela central de atendimento, nos telefones 4003-1118 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800-887-1118 (demais localidades).

A Latam, que já teve seis voos cancelados, informa que a companhia flexibilizará as regras, oferecendo isenção da cobrança de taxa de remarcação e das diferenças tarifárias da passagem para nova data à escolha do cliente e, sem multas, em voos domésticos com partidas, chegadas ou conexões programadas para o Recife nesta quinta.

De acordo com a Latam, os passageiros podem entrar em contato com a Central de Vendas, Informações, Fidelidade e Serviços (4002-5700 nas capitais ou 0300-570- 5700 nas demais localidades do Brasil) ou procurar uma loja da companhia. A GOL ainda não se posicionou oficialmente pelo site.

Além desses artistas, a Exposição de Caprinos e Ovinos de Sertânia traz também outras atrações, como o cantor Pablo. O Governo Municipal divulgou a programação na festa de Emancipação Política;

Aconteceu ontem o anúncio das atrações da 46ª Exposição Especializada em Caprinos e Ovinos de Sertânia, evento que acontece entre os dias 04 e 08 de julho, deste ano.

A programação da maior festa do município foi divulgada durante os festejos de 145 anos de Emancipação Política, data comemorada nesta quinta-feira, dia 24 de maio. O prefeito Ângelo Ferreira, acompanhado dos deputados Diogo Moraes (estadual) e Gonzaga Patriota (federal) e equipe, anunciou os artistas que irão compor o line-up da edição 2018.

Na sexta, dia 06 de julho, quem abre a festa é a sertaniense Cristina Amaral. A noite será encerrada pela cantora Solange Almeida, ex Aviões do Forró. Alexandre Pires, é um dos destaques no palco do Parque de Exposições Professor Renato Moraes.

Além do pagodeiro, animam o sábado de Exposição o cantor Pablo, conhecido pela sua música romântica, e a banda Farra do Imperador.

Fechando a programação, o domingo, dia 08 de julho, traz a cantora Adriana Neves e o poeta Dorgival Dantas, cantor e compositor de talento. A organização priorizou uma composição eclética, para agradar todos os gostos e também a valorização de artistas locais.

A deputada estadual Priscila Krause (DEM) protocolou ofício no Palácio do Campo das Princesas, na manhã desta quinta-feira (24), solicitando ao governador Paulo Câmara (PSB) que, diante da grave crise de abastecimento de combustíveis fósseis, reflexo dos preços exorbitantes praticados na ponta, envie à Assembleia Legislativa projeto de lei antecipando de janeiro de 2020 para junho de 2018 a retomada das alíquotas do ICMS cobradas sobre a gasolina e o diesel ao nível do início de sua gestão.

Em setembro de 2015, o governo aumentou temporariamente o imposto estadual sob gasolina de 27% para 29% e do diesel de 17% para 18%.  Ao retomar as alíquotas do período em que assumiu a administração estadual, o valor da gasolina reduziria em R$ 0,09/litro e o do diesel R$ 0,04/litro.

De acordo com a Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e de Lubrificantes (Fecombustíveis), na atual quinzena – de 16 a 31 de maio de 2018 – o valor arrecadado pelo governo de Pernambuco por litro de gasolina vendido é R$ 1,23, enquanto no diesel a arrecadação por unidade de litro é de R$ 0,61. Da parte de arrecadação federal, a incidência de Cide e PIS/Cofins arrecada R$ 0,65 por litro de gasolina comercializado e R$ 0,46 no caso do diesel.

“É preciso que o governador assuma que parte da solução da crise passa pelo governo estadual, já que quase um terço do valor do litro de gasolina vai direto para o fisco estadual. Trata-se do federalismo cooperativo, cabem a todos os entes participarem com alguma renúncia. Quando a crise bateu houve um tarifaço temporário enviado para a Assembleia, que inclusive votei contra. Nada mais justo que agora, como o próprio governo anuncia o crescimento de dois por cento do PIB e faz propaganda dizendo que Pernambuco não parou, retome a alíquota do início do governo. Seria uma contribuição importante, com resultado benéfico e imediato à sociedade”, registrou Priscila Krause.

No tarifaço imposto pelo governo estadual a partir de 2016, além do incremento nas alíquotas de IPVA e ITCD, a administração estadual modificou a lei nº 10.259, que institui o ICMS. Numa emenda votada na Assembleia com apoio do Palácio, decidiu-se que a modificação das alíquotas do ICMS seria temporária, tornando-se válida entre 1º de janeiro de 2016 e 31 de dezembro de 2019. O ganho anual estimado do pacote seria de R$ 487,8 milhões, sendo R$ 136,1 milhões provenientes da majoração das alíquotas do ICMS. Segundo dados do gabinete da deputada estadual Priscila Krause, a arrecadação do ICMS em abril de 2018 atingiu um recorde, somando R$ 1,44 bilhão. No mesmo período, em 2017, o valor nominal registrou R$ 1,06 bilhão.

Os graves transtornos gerados pela crise de abastecimento de combustíveis que afeta a vida da população, interferiu na agenda política do Estado.

A Frente das Oposições de Pernambuco decidiu transferir para o dia 4 de Junho, segunda-feira, o anúncio oficial e entrevista coletiva de imprensa para lançamento dos pré-candidatos da chapa majoritária.

O grupo reúne o PTB, DEM, PSDB, PRB, Podemos, PV, PRTB e PPS.

A expectativa é de que o senador Armando Monteiro Neto (PTB) seja a cabeça de chapa e o deputado federal Mendonça Filho (DEM) saia para senador. O segundo espaço e a vice ficariam em aberto, na tentativa de atrair outros partidos.

O ex-prefeito Guga Lins parabeniza Sertânia pelos seus 145 anos de emancipação política:

“Sertânia 145 anos: Fazer aniversário é olhar para trás com gratidão e para frente com fé!

É com orgulho de ser sertaniense, de pertencer a esta cidade, que deixo minha mensagem de esperança e agradecimento a toda essa gente que trabalha para que seus filhos possam sonhar com um futuro melhor.

Tenho muito respeito e carinho pelo povo sertaniense, homens e mulheres que com suas mãos sabem valorizar o fruto da terra e com isso fazer dessa cidade uma cidade cada vez melhor para se viver.

Mas para fazê-la  grande é  necessário semear ações e colher conquistas, buscando no presente o futuro para que as conquistas da comunidade sejam sempre crescentes, demonstrando que somos nós quem fazemos o amanhã e que nossa perseverança é a luz que ilumina o caminho rumo a uma Sertânia mais justa, igualitária e sobretudo cidadã.

Desejamos que cada sertaniense seja um ponto de apoio nesta construção diária, com valores sólidos que ajudem a preparar as crianças e jovens para este processo contínuo de transformação.

Não existem fronteiras ou limites para alcançarmos nossos objetivos; existem sim barreiras e desafios que são insignificantes na conquista de um sonho.

Feliz aniversário, minha querida Sertânia.

Contem sempre comigo!!”

Guga Lins

Caminhoneiros protestam contra elevação no preço do diesel na rodovia BR-040, em Duque de Caxias

Caminhoneiros protestam contra elevação no preço do diesel na rodovia BR-040, em Duque de CaxiasFoto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Os caminhoneiros entraram nesta quinta-feira (24) no quarto dia de manifestações contra o preço elevado dos combustíveis. No Rio de Janeiro, a categoria faz atos de protestos em 14 pontos em cinco rodovias federais que cortam o estado. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a maioria das manifestações ocorre nos acostamentos, onde os caminhoneiros param os veículos em fila.

Via Dutra (BR-116), no km 204, em Seropédica, está apenas com uma faixa liberada, a da esquerda. O tráfego é lento nesse trecho, assim como em Barra Mansa, na altura dos km 267, 269, 274 e 276.

Outros pontos de manifestação são: BR-101 Norte (em Campos, no km 75); BR-101 Niterói-Manilha (Itaboraí, entre kms 296 e 297); BR-493 (Itaboraí, próximo a Trevo da Manilha); BR-393 (em Paraíba do Sul, no km 182; em Volta Redonda, no km 281; e em Barra do Piraí, no km 247); BR-465 (em Nova Iguaçu, no km 17) e BR-116 Rio-Teresópolis (em Guapimirim, no km 104, e, em Teresópolis, no km 54). A PRF informou que multará qualquer veículo que, deliberadamente, restringir o tráfego. A multa chega a R$ 5.689,40.

Leia também:
Câmara aprova desoneração com isenção tributária para diesel
Na RMR, crise dos combustíveis gera memes nas redes sociais; confira
Três postos da RMR são autuados por vender gasolina a preços abusivos; veja fotos

Consequências

A paralisação dos caminhoneiros tem provocado desabastecimento de combustíveis e de alimentos em diversos estados. De acordo com o Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis do Município do Rio de Janeiro (Sindcomb), ao menos metade dos postos da capital estará nesta quinta-feira (24) sem algum dos três combustíveis: gasolina, diesel ou etanol. Em alguns postos de Brasília já falta álcool.

O problema afeta também a operação dos ônibus. Um levantamento da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio (Fetranspor), por exemplo, calculou que 40% da frota de ônibus não circularam na manhã de ontem por indisponibilidade de combustível. A previsão é que hoje até 70% dos ônibus fiquem na garagem.

Já o Sindicato das Empresas de Ônibus da Cidade do Rio de Janeiro (Rio Ônibus) afirmou que, na capital, quase 30% da frota não circularam ontem. A BRT Rio, que usa os corredores exclusivos de ônibus, informou que hoje haverá redução da frota, por causa do problema de abastecimento de combustível. Com isso, os intervalos vão ter grandes alterações. Algumas estações estão fechadas.

Postos não poderão vender gasolina por mais de R$ 4,60

Postos não poderão vender gasolina por mais de R$ 4,60Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Os postos de combustíveis que venderem o litro da gasolina por mais de R$ 4,60 serão interditados, afirma o secretário de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco, Pedro Eurico. Além da interdição, o estabelecimento será multado em R$ 500 mil.

O anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira (24), após flagrar um estabelecimento no Forte do Brum, no Bairro do Recife, comercializando o líquido por R$ 5,89. “O posto seria interditado, mas negociamos com a gerência do estabelecimento. Ficou decidido que o posto se enquadraria ao valor que pode ser cobrado: entre R$ 4,48 e 4,60″, disparou o secretário.

A fiscalização é realizada no Grande Recife. Além da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, participam da vigilância a Polícia Militar de Pernambuco e o Programa de Orientação e Proteção ao Consumidor (Procon). O secretário informou que, durante a fiscalização, já encontrou muitos postos de combustíveis fechados.

Na noite da última quarta-feira (23), um posto localizado na avenida Antônio de Góes, no bairro do Pina, na Zona Sul do Recife, que estava cobrando R$ 8,99 o litro da gasolina e R$ 6,99 pelo litro do etanol foi interditado. O proprietário foi multado em R$ 500 mil.

Dois postos localizados na avenida Norte, no bairro de Santo Amaro, na área Central do Recife, foram autuados, cobrando R$ 5,59 e R$ 4,99. Um outro estabelecimento que cobrava R$ 4,89 foi autuado no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife.

O preço abusivo descumpre o artigo 39, inciso X, do Código de Defesa do Consumidor (CDC), elevar sem justa causa o preço de produtos ou serviços. Para denúncias, é possível entrar em contato com o Procon Recife nos telefones 0800 28 11 311 e 3355-3290, além do e-mail procon@recife.pe.gov.br.

Aeroporto do Recife

                        Aeroporto do Recife Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

A orientação da Infraero é que os passageiros consultem as companhias sobre a situação dos voos. E, para as operadoras de aeronaves, a empresa orienta que façam consulta sobre a disponibilidade de combustível. Na quarta-feira (23), o Porto de Suape informou que foram liberados oito caminhões ao terminal para abastecerem o querosene de aviação(combustível utilizado nos aviões).

O abastecimento dos veículos estava suspenso desde que a entrada dos caminhões-tanques no Porto de Suape foi obstruída, por decisão do Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens de Ipojuca e Grande Recife (Sintracape). Na quarta (23), a Advocacia-Geral da União (AGU) ajuizou uma ação para que alguns veículos tivessem acesso ao terminal.

De acordo com a Infraero, a situação do Aeroporto do Recife está normalizada, com os voos sendo realizados normalmente. Por nota, a empresa informou que está monitorando o abastecimento de querosene de aviação por parte dos fornecedores que atuam nos terminais e já alertou aos operadores de aeronaves que avaliem os planejamentos de voos para que cada um defina a melhor estratégia de acordo com o estoque disponível na origem e no destino do voo. “Ao mesmo tempo, a Infraero está em contato com órgãos públicos relacionados ao setor aéreo para garantir a chegada dos caminhões com combustível de aviação aos aeroportos administrados pela empresa”, disse.

Leia também:
Crise nos combustíveis: Universidades suspendem aulas até as 12h desta quinta
Postos de combustíveis da RMR ameaçados de desabastecimento

Devido à situação, a Latam Airlines Brasil informou que está avaliando com atenção possíveis impactos dessa contingência nos aeroportos e em sua operação aérea. Por nota, a companhia comunicou que algumas regras serão flexibilizadas para os clientes até que a normalização, com isenção da cobrança de taxa de remarcação da passagem para data à escolha do cliente e opção de reembolso integral do bilhete sem multas.

Terrestres
Os impactos em outros transportes também foram sentidos com a greve dos caminhoneiros. Para o Sindicato dos Taxistas de Pernambuco, a preocupação é grande. “Espero que o governo resolva, porque, se continuar a paralisação, os taxistas vão ter que parar por força da circunstância. É inviável desenvolver o trabalho assim. Como vai ficar a categoria?”, questionou o diretor auxiliar, Jota José da Silva.

Para o serviço de aplicativo de transporte Uber, a operação continua na medida do possível. A empresa informou que espera que a situação seja resolvida para que motoristas e passageiros não sofram consequências. O aplicativo 99 está tentando encontrar um ponto de equilíbrio entre motoristas e passageiros atuando fortemente e fechando várias parcerias para diminuir o gasto com combustível e com outros custos operacionais e do cotidiano.

Em nota ao blog, o promotor Ariano Tércio Silva de Aguiar informa que solicitou ao prefeito de Carnaíba, Anchieta Patriota (PSB), que informe ao Ministério Público no prazo de 5 dias úteis contados desde o dia 21 que medidas estão sendo adotadas para reajustar e adequar o salário dos servidores ao mínimo nacional.

Desde janeiro, o salário mínimo é de R$ 954, com base em decreto assinado em dezembro pelo presidente Michel Temer. O valor é R$ 11 menor do que o previsto inicialmente no orçamento de 2018, aprovado no Congresso no valor de R$ 965 e baseia o mínimo a que tem direito trabalhadores e trabalhadoras no país.

O promotor diz que teve conhecimento  do não pagamento “através de blog local”. “Lembrando que  o não pagamento do salário mínimo poderá acarretar na  responsabilidade do gestor por ato de improbidade administrativa conforme previsão da Lei 8.429/90, a Lei de improbidade Administrativa”, conclui no ofício.

NILL JÚNIOR

Os prefeitos de Pernambuco que estão em Brasília por ocasião da Marcha dos Prefeitos, promovida pela CNM estão com receio de problemas com a volta para suas cidades de origem em virtude  da crise de abastecimento de combustíveis provocada pela paralisação dos caminhoneiros. Com a greve, a logística de distribuição do combustível de aviação está prejudicada.

O Aeroporto de Brasília pode ficar sem a reserva de querosene de aviação caso não receba novos abastecimentos até o fim da tarde desta quarta-feira 23, informa a Inframerica, concessionária responsável pelo terminal. Desde a terça-feira (22), o estoque de combustível está contingenciado por causa das paralisações de caminhoneiros no Distrito Federal.

“A Inframerica informa que a reserva de Querosene de Aviação (QAV) é suficiente até o final da tarde desta quarta-feira (23). É de suma importância a liberação dos outros caminhões para normalizar o atendimento no aeródromo”, informa a Inframerica, por meio de nota.

Ou seja, quem tem vôo reservado até o início da tarde não deverá ter problemas. O mesmo não se pode dizer de quem tem vôo para o fim do período ou início da  noite. Tem prefeito preocupado com a possibilidade de não retornar para assumir seu município. Alguns tem agendas de inaugurações no fim de semana.

Só do Pajeú estão os prefeitos Luciano Duque (Serra Talhada), José Patriota (Afogados), Marconi Santana (Flores),  João Batista (Triunfo), Tânia Maria (Brejinho), LIno Morais (Ingazeira), Zeinha Torres (Iguaracy) e Sebastião Dias (Tabira).

Cariri paraibano registra falta de combustíveis em postos

Uma confusão envolvendo dois vereadores quase terminou em tragédia durante uma sessão da Câmara Municipal de São José dos Cordeiros, no Cariri paraibano.

De acordo com informações, durante a discussão de um projeto sua autoria, o vereador Eraldo Cézar (o Tejo), se exaltou e ameaçou atirar em outro parlamentar.

A ação foi impedida por outro vereador, Adiel de Sá. A confusão teria começado por conta da rejeição de requerimento do vereador Tejo, que teria iniciado uma discussão com outros colegas.

O presidente da Câmara, conhecido como Nozinho, encerrou a sessão e seguiu junto com o vereador Georgiton Timóteo para delegacia de Serra Branca para registrar o boletim de ocorrência.

Ele ainda falou que vai instalar um processo que poderá resultar na cassação do vereador Eraldo Cézar.

Cariri Ligado

Vacinação contra influenza no Estado ainda está baixa

             Vacinação contra influenza no Estado ainda está baixa Foto: Arthur Mota

Faltando menos de dez dias para o fim da campanha de vacinação contra a influenza, o percentual geral de imunizaçãodos grupos prioritários em Pernambuco ainda é de 61,2%. Por outro lado os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) aumentaram 15,6% entre o dia 15 e o dia 22 de maio. Até o dia 1 de junho, a meta é vacinar 90% dessa população. Merece atenção a baixa procura que a proteção vem tendo entre o público de crianças. Segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES), dos 609.586 meninos e meninas de seis meses a menores de 5 anos previstos para serem vacinados menos de 50% receberam as doses.

O grupo infantil é de risco porque as crianças têm mais gripes e resfriados do que os adultos. Isso acontece porque o sistema imunológico delas ainda é imaturo, ainda não possui tantas ferramentas para se defender contra os vírus. Por isso a importância da vacina da gripe na prevenção da transmissão do vírus da gripe”, explicou a pneumopediatra da policlínica Lessa de Andrade e do Hospital Otávio de Freitas, Lívia Almeida. A médica reforçou que é essa imaturidade imunológica que acarreta uma maior chance também dos pequenos terem mais complicações decorrentes das gripes, como as pneumonias. A pneumopediatra destaca ainda que é mito a ideia de que a vacina é capaz de levar ao adoecimento.

Leia também:
H1N1 tem terceira morte confirmada em Pernambuco
H1N1: Casos graves crescem 600% em Pernambuco

“Essa é uma informação sem fundamento já que a vacina é feita com vírus morto, incapaz de causar a gripe. O que, por vezes, pode acontecer é uma vermelhidão local e febre entre seis e 24 horas após a vacinação. Mas esses sintomas não são por causa dos vírus e, sim, por conta de substâncias da vacina. A única contraindicação a imunização de influenza é para as crianças que já tiveram reações alérgicas severas ao ovo como urticária, broncoespasmo, edema de glote ou choque”, afirmou.

Se para o grupo infantil a procura ainda está aquém do esperado, no seguimento puérperas (mulheres que tiveram filhos até 45 dias) a imunização já alcançou 84,8% da parcela. No segundo lugar do ranking dos melhores resultados, até o momento, estão os trabalhadores da saúde (72,5%), seguido dos indígenas (70,9%).

Notificações e óbitos
Até o dia 12 de maio foram 687 casos de síndrome respiratória aguda grave notificados no Estado, sendo 26 com resultado laboratorial para H1N1, 13 para H3N2 e um para vírus sincicial respiratório (VSR). No boletim anterior eram 594 registros de SRAG, com 22 para H1N1, 11 para H3N2 e um de VSR. Dos 34 óbitos registrados de SRAG até agora, seis tiveram confirmação para influenza, sendo cinco de H1N1 e um de H3N2. Entre as mortes já confirmadas estão duas crianças menores de dez anos de idade.

Roberto é o novo técnico do Santa Cruz

                         Roberto é o novo técnico do Santa Cruz Foto: Anderson Stevens

De forma rápida, o Santa Cruz anunciou o seu novo comandante para o restante da Série C do Campeonato Brasileiro. Roberto Fernandes, demitido recentemente do rival Náutico, será o comandante coral até o final da temporada 2018.

No Timbu, Roberto conseguiu acabar com o jejum do clube de mais de 13 anos sem vencer o Estadual. Mas após um péssimo início de Série C, acabou deixando o comando alvirrubro. Em Rosa e Silva, ele alcançou a marcas de 20 vitórias, 14 empates e 18 derrotas.

Leia também:
Santa Cruz anuncia a saída do técnico PC Gusmão
Elenco do Santa Cruz ganha folga após vexame no Nordestão
Santa Cruz é goleado em casa e dá adeus ao Nordestão
Diretor de futebol pede desligamento do Santa Cruz 

Roberto chega à Capital pernambucana nesta quinta-feira (24) com a missão de trazer a equipe de volta para Série B e espantar a crise que reina no Arruda.

A greve afeta entrega de encomendas

           A greve afeta entrega de encomendas Foto: Lia de Paula / Agência Senado

A paralisação dos caminhoneiros atinge até as postagens nos Correios. A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos suspendeu temporariamente as postagens das encomendas com dia e hora marcados (Sedex 10, 12 e Hoje). Em comunicado, os Correios informaram que a paralisação também tem gerado “forte impacto” e atrasos nas operações da empresa em todo o País.

“Também haverá o acréscimo de dias no prazo de entrega dos serviços Sedex e PAC [entrega não expressa], bem como das correspondências enquanto perdurarem os efeitos desta greve”, diz o texto. Os Correios informam ainda que “toda a logística brasileira” sofre prejuízos em decorrência da paralisação dos caminhoneiros, que teve início na segunda-feira.

Leia também
Em crise, Correios têm prejuízo bilionário
Correios confirmam que fecharão agências

A operação dos Correios envolve mais de 25 mil veículos, 1.500 linhas terrestres e 11 linhas aéreas, de norte a sul do País. A empresa entrega mensalmente cerca de meio bilhão de objetos postais, entre eles 25 milhões de encomendas.

“Os Correios estão acompanhando os índices operacionais de qualidade de toda essa cadeia logística e, tão logo a situação do tráfego nas rodovias retorne à normalidade, a empresa reforçará os processos operacionais para minimizar os impactos à população”, acrescenta a nota.

Prisões elucidam homicídios de novembro do ano passado a março deste ano, segundo Polícia Civil. delegado Cléy Anderson deve dar detalhes do caso. Foto: reprodução/Farol de Notícias

A Polícia Civil, através de uma força tarefa formada por agentes e delegados de polícia das circunscrições pertencentes a 21ª Delegacia Seccional de  Serra Talhada, após ampla investigação e com apoio de agentes da Delegacia Seccional de Petrolina, mais investigadores da Delegacia de Polícia Civil de Juazeiro-BA e também policiais militares daquele Estado, deram cumprimento a um Mandado de Prisão que ajuda a elucidar alguns homicídios em Serra Talhada.

O mandato foi expedido pelo Juiz de Direito da Comarca de Serra Talhada em desfavor de Márcio Magno Pereira do Nascimento. Natural de Serra Talhada, o policial militar da Bahia é acusado da prática de homicídios na cidade.

Dentre eles a morte de Joaquim Pereira Diniz Filho, Edson Gomes Batista, ambos no dia 27 de novembro do ano passado e Reginaldo Batista Gaia, ocorrido no dia 19 de março deste ano.

Após os procedimentos  de praxe o mesmo restou recolhido no Batalhão da Polícia Militar em Salvador/BA até ulterior determinação judicial. O Delegado Cléy Anderson deve conceder coletiva dando mais detalhes da prisão.

A Universidade de Pernambuco (UPE) anuncia em nota que suspende, até às 12h de amanhã (24), suas atividades acadêmicas e administrativas de todos os seus 15 campi. Ainda pela manhã, será emitido novo posicionamento sobre os turnos da tarde e da noite.

A medida foi tomada devido a continuidade da greve dos caminhoneiros, que está afetando o abastecimento de combustíveis e, por consequência, o transporte da população.

No entanto, as atividades assistenciais das unidades do Complexo Hospitalar da UPE, composto pelo Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), Pronto-Socorro Cardiológico Universitário de Pernambuco (Procape) e Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (Cisam), estão mantidas em seu máximo, em respeito aos pacientes que compareçam às unidade de saúde.

Caso haja redução do número de servidores disponíveis nos atendimentos, serão priorizados os casos com gravidade clínica e situações emergenciais.