Monthly Archives: abril 2020

A Secretaria de Saúde de Arcoverde informa que no boletim de  27 de abril, houve um erro na contagem dos casos suspeitos do Covid-19. Por isso, o número que deveria ter sido divulgado era seis suspeitos e não oito.

Nesta terça-feira, 28 de abril, foram encaminhados mais quatro casos para investigação. O boletim diário, portanto, fica com dez (10) suspeitos, vinte e nove (29) descartados, dezessete (17) confirmados, quatro (04) óbitos e dois (02) recuperados.

A boa notícia é que dois pacientes tiveram alta do Hospital Regional Ruy de Barros Correia com melhoras clínicas e aguardam alguns dias para confirmação da cura.

Nas Barreiras Sanitárias das entradas de Arcoverde, foram abordados 3.600 veículos da cidade e da região. Na ocasião, estão sendo reforçadas as instruções em relação a obrigatoriedade do uso de máscaras.

Reforçando as medidas adotadas para evitar o avanço do novo coronavírus no município, a Prefeitura de Serra Talhada, através da Secretaria de Saúde,  iniciou o uso de termômetros digitais infravermelhos para medição da temperatura corporal das pessoas, facilitando a identificação de sintomas suspeitos da COVID-19. 

A ação de medição da temperatura corporal está sendo realizada nas cinco barreiras sanitárias implantadas nos principais pontos de acesso à cidade, nas unidades de saúde que acompanham casos suspeitos, no monitoramento de passageiros que chegam ao Terminal Rodoviário e durante as visitas da Vigilância Sanitária às pessoas recém-chegadas de outros municípios.

“Nós implantamos diversas medidas para prevenir o avanço do vírus dentro do nosso município, e entre essas medidas está a aquisição de termômetros digitais infravermelhos que já estão sendo usados nas barreiras sanitárias, nas unidades de saúde e pela equipe da Vigilância Sanitária, que faz a fiscalização de passageiros na rodoviária e visita às pessoas que se encontram em monitoramento”, explicou a secretária-executiva de Saúde, Alexsandra Novaes. 

Somente nesta terça-feira (28/04), as barreiras sanitárias abordaram 1.643 pessoas em 743 veículos, identificando 07 pessoas sintomáticas. O município permanece com 08 casos confirmados de coronavírus, 09 casos em investigação, 27 descartados e 01 caso recuperado

Alexandre Ramagem

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu suspender a nomeação de Alexandre Ramagem para a direção-geral da Polícia Federal. A informação é de Daniela Lima, da CNN Brasil.

Moraes é o relator de ação protocolada pelo PDT. O partido questionou a nomeação feita pelo presidente Jair Bolsonaro na esteira de uma série de acusações do ex-juiz Sergio Moro de tentativas de interferência política na Polícia Federal.

“Diante de todo o exposto, nos termos do artigo 7o, inciso III da Lei 12.016/2016, DEFIRO A MEDIDA LIMINAR para suspender a eficácia do Decreto de 27/4/2020 (DOU de 28/4/2020, Seção 2, p. 1) no que se refere à nomeação e posse de Alexandre Ramagem Rodrigues para o cargo de Diretor-Geral da Polícia Federal”, escreveu o ministro em sua decisão.

“Determino, ainda, que, IMEDIATAMENTE, notifique-se a autoridade impetrada, nos termos dos artigos 7o, I da Lei 12.016/2016 e 206 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal. Dê-se ciência imediata, inclusive por whatsapp em face da urgência, ao Advogado-Geral da União. Após, encaminhem-se os autos à Procuradoria-Geral da República para apresentação de parecer”, conclui Alexandre de Moraes em seu despacho.

A pandemia do novo coronavírus, definitivamente, tem atingido todos os grupos de idade, sendo eles dos mais novos aos mais velhos.

O apresentador Sikera Junior, comandante do ‘Alerta Nacional’, policialesco que se tornou um grande sucesso na RedeTV!, passou mal na última quinta-feira (22), sendo sucedido às pressas pela repórter Mayara Rocha.

O apresentador precisou ser afastado de imediato e houve especulações de que ele teria contraído o novo coronavírus. Nos últimos dias, o apresentador revelou, em entrevista concedida ao jornal NE10, de que havia feito o teste e havia testado negativo no exame. mas trata-se do exame rápido, menos confiável.

Em nova atualização promovida pelo jornalista Ronaldo Tiradentes, em seu programa de rádio da Rede Tiradentes do Amazonas, na manhã desta quarta-feira (29), o apresentador recebeu novo diagnóstico dos exames no dia anterior, prologando ainda mais o seu retorno às atividades no canal de Osasco.

Ainda de acordo com a reportagem, Sikera Junior entrou em estado grave, tendo os dois pulmões comprometidos devido a doença que já soma mais de setenta mil casos e pouco mais de cinco mil óbitos ao redor do Brasil. O exame laboratorial deu positivo. Sikera era um dos que questionavam o isolamento social.

Informação foi passada por Sinducom, CDL e Fecomércio após pergunta do blog

Primeira mão

Respondendo uma pergunta desse blogueiro no Debate “Enfrentando a Crise”, para as rádios Serra FM e Cultura  FM, o presidente do Sinduscom, Francisco Mourato , afirmou que a ExpoSerra, maior feira de negócios e serviços da região sofrerá mudanças de data e formato em virtude dos efeitos da pandemia da Covid-19.

“Sobre a Feira de Negócios nos estamos convencidos que, depois de 20 anos, não acontecerá no modelo que aconteceu até o ano passado. O evento de negócios ExpoSerra vai acontecer em outro formato”, afirmou.

Quanto à data, ela está sendo negociada com parceiros como o município de Serra Talhada, Sebrae, Fecomércio, Sistema S, Ad-Diper e outros.

Ele disse que o evento em sua vigésima primeira edição já estava com planejamento adiantado. “Estava previsto acontecer no evento internacionalização de negócios, novidades no formato e movimentos, diante da indicação de que as coisas mudaram e a feira precisava mudar. Já havia empresas com stands fechados, patrocinadores, peças e campanhas prontas com agência de comunicação contratada, muita coisa avançada”.

Ele disse que está no forno a discussão pra que haja um evento de negócios redimensionado. “Essa situação jogou pras empresas a obrigação de aderir ao formato digital”. Segundo ele, o evento de negócios não substituirá a ExpoSerra , mas terá seu DNA. “Não dá pra falar em data agora”.

A entrevista ainda teve as participações de Marcus Godoy (CDL) e Everaldo Melo (Fecomércio/CDL) sendo conduzida pela jornalista Juliana Lima.

Caso está sob investigação e aguarda realização de exame

O Secretário de saúde de Afogados da Ingazeira, Arthur Amorim, falou agora ao programa A Tarde é Sua, da Rádio Pajeú, sobre um rumor que circula nos canais de WhattsApp. “

“Gente, um caso positivo  aqui  no São Brás,  na Rua Floriano  Peixoto. A Vigilância Sanitária já está  lá isolando  a rua  e vai fazer o teste  nos moradores. Foi  a gestante de ontem  que foi encaminhada,  já está entubada”, dizia a mensagem que correu trecho no WhattsApp.

“A gente foi informada dessa situação. Recebemos ligação do Hospital Regional Emília Câmara sobre a gestante. A paciente fez um parto de urgência cesáreo. No momento, em decorrência do procedimento está internada em, UTI, estável, segundo o Hospital que a recebeu e não há caso confirmado”, disse.

A investigação do caso é necessária porque ela apresentou insuficiência respiratória. A partir daí, o procedimento de averiguação é padrão. “Não há confirmação.  Ela pode estar intubada em decorrência de procedimento por exemplo. Mas manteremos a todos informados”.

O bebê segundo o Hospital se encontra também em UTI e está estável, pondo fim a rumores de que teria falecido. O próximo boletim vai ao ar do fim da tarde para início da noite de hoje, como tem feito a Prefeitura.

Ele foi diagnosticado com Covid-19

O médico e ex-prefeito de Tabira Josete Amaral teve piora no quadro clínico, segundo informações de pessoas ligadas à família.

Na última sexta, ele falou a Anchieta Santos e chegou a  dizer que estava bem. “Mesmo tendo o exame dando positivo, encontro-me bem”. Acreditava já estar na fase final de recuperação.

“Encontro-me em repouso em minha residência. Quero tranquilizar todos os meus familiares e amigos, que está tudo bem comigo”, disse ao radialista.

Mas Josete sentiu-se mal no sábado, com febre e insuficiência respiratória. Levado ao Hospital Português, passou por exames que confirmaram insuficiência respiratória e padrão clássico de comprometimento pulmonar similar às geradas pela Covid-19.

Ele teve que receber oxigênio diante da saturação mas não está entubado. Está internado em uma sala da unidade. O estado, apesar da piora, segue estável.

Josete Amaral foi prefeito de Tabira por dois mandatos. O primeiro, de 1997 a 2000. O segundo mandato, de 2005 a 2008. Depois disso, tem participado mais timidamente da política tabirense, focando em sua atuação na condição de médico.

Carnaíba registra o segundo óbito por (Covid-19). A Prefeitura de Carnaíba, através da Secretaria de Saúde, comunica à população em geral o segundo óbito por Covid-19, que ocorreu na cidade do Recife.

A confirmação laboratorial saiu nesta terça-feira (28). Trata-se de um homem, 74 anos, que foi transferido no dia 20/04 para o hospital Otávio de Freitas, na cidade do Recife, com sintomas de Doença Respiratória Aguda Grave – SRAG, e permaneceu internado até ontem (27), quando veio a óbito.

O paciente apresentava, além da SRAG, outras comorbidades: hipertensão, diabetes, Insuficiência Cardíaca Congestiva – ICC e anemia.

Antes da internação acima relatada, o paciente passou por outra transferência, no dia 01/04, para o hospital Oswaldo Cruz, onde permaneceu internado por 15 dias, tendo alta no dia 16/04, retornando para o domicílio.

Diante da confirmação do caso e óbito, a Secretaria de Saúde está tomando as providências para o sepultamento conforme recomendação do protocolo de manejo de corpos do Ministério da Saúde, e em relação a todas as medidas de prevenção e controle da doença junto aos contatos domiciliares.

Os profissionais da Unidade de Saúde da Família, da área do óbito, estão intensificando as orientações junto à população local, segundo a municipalidade. Diante do contexto, a Prefeitura de Carnaíba, através da Secretaria de Saúde, reforça a importância do isolamento social, o uso de máscaras e lavagem das mãos com água e sabão, pois só assim poderemos diminuir a ocorrência de casos no município.

Pela primeira vez, em três anos, a Prefeitura de Itaíba não vai comemorar como manda o figurino a sua emancipação política, prevista para esta terça-feira, dia 28 de abril, quando o município comemora seus 58 anos.

Segundo a prefeita Regina Cunha, em virtude da pandemia do novo coronavírus, os grandes eventos que sempre marcaram a data foram suspensos pensando no bem maior da população, que é a vida.

“Estamos vivendo os 58 anos de aniversário de nossa cidade em um momento triste, a onde não podemos comemorar com a alegria e as festividades que sempre marcaram a vida de nosso povo nos últimos três anos. Devido a pandemia, não podemos comemorar essa data como nosso povo merece, mas nos faz refletir sobre as conquistas e avanços que tivemos ao longo desse período reconstruindo a história de nosso município e nossa gente”, disse Regina Cunha.

A data será lembrada nesta terça, às 08h, com o tradicional hasteamento da bandeira, com um público restrito e transmissão ao vivo pela fanpage da prefeitura para que a população possa acompanhar a solenidade que marca a emancipação política do município. A data é feriado municipal, fechando todas as repartições públicas e o comércio.

Na programação também tem a inauguração/entrega da nova Unidade Básica de Saúde José Apolinário, no povoado de Caraíbas, zona rural de Itaíba, que levou um investimento de mais de R$ 400 mil e vai beneficiar toda a região. A solenidade, também restrita ao público, está prevista para as 10h.

Para a prefeita Regina, a luta pela vida que vem sendo travada com competência pela secretaria de Saúde com apoio das demais pastas, é hoje a questão mais importante neste momento em que se comemora o aniversário da cidade. Lembrou que muitas conquistas foram feitas ao longo destes três anos que mudaram, transformaram para melhor a vida das pessoas na educação, saúde, ação social, obras, desenvolvimento e Agricultura.

“Não teremos festa, mas com a graça de Deus e o trabalho dessa equipe maravilhosa que todos os dias está nas ruas, no trabalho, para que possamos ficar em casa e vencermos essa batalha contra o Covid-19, vamos vencer mais uma vez e podermos comemorar o ano de 2020 com mais uma grande vitória de nosso povo”, finalizou a prefeita Regina Cunha.

Infectados totalizam 5.574 casos

Pernambuco confirmou, nesta terça-feira (28.04), 366 casos novos da Covid-19, sendo 196 casos que se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), quando os pacientes foram internados e/ou tiveram quadros mais graves.

Ainda, além  outros 170 casos leves (profissionais de saúde e segurança, além dos seus contatos e pacientes ambulatoriais da rede privada). Agora, o Estado totaliza 5.724 casos confirmados (3.884 casos graves e 1.840 casos leves).

Também foram confirmados laboratorialmente 58 óbitos. Com isso, o Estado totaliza 508 mortes pela Covid-19. Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.

Após uma fiscalização do Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO), a Prefeitura de Condado anulou a aquisição de “dez mil cartilhas educativas de 24 páginas para o enfrentamento do coronavírus”, pelo custo total de R$ 180 mil. O valor foi pago pela Prefeitura de forma adiantada à empresa contratada.

A procuradora geral do MPCO, Germana Laureano, requisitou explicações da gestão de Condado, na Mata Norte do Estado, após tomar conhecimento da compra emergencial sem licitação que deu como justificativa a emergência na covid-19.

Para o MPCO, não havia justificativa para uma cartilha em papel sobre o assunto, sendo que os meios de comunicação e a Internet já estão divulgando a pandemia.

Após o questionamento do MPCO, a Prefeitura de Condado anulou a compra, alegando “vícios no procedimento”. A compra tinha sido paga sem parecer do jurídico da Prefeitura.

A Prefeitura enviou um ofício para a empresa, nesta sexta-feira (22), solicitando a devolução dos recursos em sete dias. A assessoria do MPCO ainda não foi informada da efetiva devolução dos recursos, mas o órgão vai acompanhar o caso.

A Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania de Sertânia criou um plano de ação emergencial para orientar os procedimentos que serão desenvolvidos durante a pandemia do novo coronavírus. Uma das estratégias adotadas pela pasta foi a promoção de escuta qualificada, que tem como proposta diminuir na população o risco de adoecimento mental.

Os sertanienses poderão ligar para o número do CRAS: (87) 9 9166-7186 e falar com assistentes sociais ou psicólogos. O serviço estará disponível a partir desta terça-feira (27), de segunda a sexta, das 11h às 13h; nas quartas-feiras, especificamente, o atendimento será das 9h às 13h.   Esse trabalho garante sigilo e anonimato.

“A situação da pandemia está afetando todos nós, uma situação inesperada que nos causa grande preocupação. Nosso objetivo com o serviço de escuta qualificada é acolher os sertanienses, um espaço onde eles possam falar o que estão sentindo ou vivenciando. Nossa intenção é cuidar da saúde psíquica do nosso povo neste cenário de pandemia”, disse o Secretário de Desenvolvimento Social e Cidadania, Paulo Henrique Ferreira.

Foto: Aluísio Moreira /SEI

Já são 1.067 vagas em funcionamento nas unidades hospitalares, sendo 418 de UTI

No dia 18 de março, há exatos 40 dias, o governador Paulo Câmara e o prefeito do Recife, Geraldo Júlio, anunciaram a criação de mil leitos exclusivos para o atendimento aos casos da Covid-19, sendo 400 leitos de UTI e 600 de enfermaria. Essa marca foi atingida e superada nesta segunda-feira (27.04), com 1.067 leitos já em funcionamento, sendo 418 de Terapia Intensiva e 649 de enfermaria, espalhados por todas as regiões do Estado.  Em média, 10 novas vagas de UTI estão sendo abertas diariamente.

Pela gestão estadual, foram colocados em funcionamento 348 leitos de UTI, distribuídos entre o Hospital de Referência Covid-19 – Boa Viagem (38); Hospital de Referência Covid-19 – Olinda; Hospital Universitário Oswaldo Cruz (43); Hospital Agamenon Magalhães (40); Hospital Correia Picanço (05); Hospital Otávio de Freitas (20); Hospital Dom Helder Câmara – Cabo de Santo Agostinho (30); Hospital Mestre Vitalino – Caruaru (27); Imip (35); Hospital Regional de Palmares (05); Procape (08); Hospital Tricentenário (10); Hospital das Clínicas/UFPE (06); Hospital Armindo Moura – Moreno (10); Cesac Paulista (14); Cesac Prado (07); Hospital São Marcos (10); Hospital Santa Joana (05); Hospital Português (10); e Neurocardio – Petrolina (05).

Já os 384 leitos de enfermarias disponibilizados pelo Estado estão distribuídos entre o Hospital de Referência Covid-19 – Boa Viagem (55); Hospital de Referência Covid-19 – Olinda (20); Hospital Universitário Oswaldo Cruz (131); Hospital Dom Helder Câmara – Cabo de Santo Agostinho (16); Hospital Mestre Vitalino – Caruaru (25); Imip (23); Hospital Regional de Palmares (15); Hospital Armindo Moura – Moreno (10); Cesac Paulista (05); Cesac Prado (10); Hospital Inácio de Sá – Salgueiro (09); Hospam – Serra Talhada (13); Hospital Dom Moura – Garanhuns (10); Hospital Emília Câmara – Afogados da Ingazeira (04); Hospital Rui de Barros Correia (08); Hospital Dom Malan – Petrolina (10); UPAE Garanhuns (10); e UPAE Petrolina (10).

O secretário estadual de Saúde, André Longo, ressaltou que a abertura de novos leitos demonstra a seriedade, o esforço e a prioridade que o Governo de Pernambuco e a Prefeitura do Recife estão dando ao enfrentamento do novo coronavírus.

“O dinamismo da doença fez com que novas necessidades surgissem, e o nosso compromisso é ampliar ainda mais esses leitos para atender às necessidades da população pernambucana, não apenas da capital, mas também do interior”, destacou Longo. Para esta semana, ele estima que mais 80 leitos sejam abertos sob gestão estadual.

Já o secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia, afirmou que o compromisso de abrir os mil leitos foi atingido hoje, mas ratificou que os esforços em conjunto da Prefeitura do Recife e do Governo do Estado estão voltados para ofertar ainda mais vagas, de acordo com a necessidade dos casos.

Foto: Reprodução/ Reuters

Natália André/CNN

Com votação unânime, a Diretoria Colegiada da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autorizou nesta terça-feira (28) que farmácias possam realizar os testes rápidos de diagnóstico do novo coronavírus. A medida não ajudará o governo federal a alimentar suas bases de dados, porém, vai diminuir a procura nos hospitais.

A medida passa a valer assim que for publicada no Diário Oficial da União. Os testes rápidos deverão ser devidamente registrados no Brasil e poderão ser feitos somente em farmácias e drogarias regularizadas pela agência. De acordo com a Anvisa, os testes não serão obrigatórios para todos os estabelecimentos, mas os que aderirem deverão adotar as diretrizes, protocolos e orientações estabelecidas pela agência e pelo Ministério da Saúde.

Entre as diretrizes estão: os testes deverão ser realizados por farmacêutico treinado; a garantia de registro e rastreabilidade dos resultados; a delimitação de fluxo de pessoas, além de áreas de atendimento, espera e pagamento diferentes para os usuários que buscam os serviços de teste rápido em relação aos que buscam os outros serviços na farmácia.

O relator da proposta foi o diretor-presidente da agência, Antonio Barra Torres, que, em seu voto, informou que a vigência das novas normas valerá enquanto for mantida a emergência de saúde pública de importância nacional provocada pela COVID-19, decretada pelo Ministério da Saúde em fevereiro deste ano.

Os testes rápidos em questão são aqueles que o paciente leva uma pequena picada no dedo e, através dessa amostra de sangue, é possível identificar se a pessoa desenvolveu anticorpos para combater a doença ou não. O resultado sai em, no máximo, 30 minutos.

EDITORIAL:

Em Custódia o CORONA vírus já fez as suas primeiras vítimas. Segundo o último boletim divulgado pela secretaria de saúde do município, temos 49 casos suspeitos, dois casos descartados, quatro casos confirmados, e, no entanto, dois óbitos.

Pois bem, o que fazer para que a doença não se alastre?

Vários decretos já foram editados e publicados pelos poderes publico estadual e municipal, no intuito de orientar as pessoas para que mantenham o isolamento social, e evitem aglomerações. Mais o que vemos é o contrário. Pessoas desobedecendo às ordens dos órgãos competentes, arriscando a própria vida e a de outras pessoas. Mesmo que se façam exigências a população, parece que ainda temos pessoas que não acreditam no poder da disseminação da Covid-19.

Um dos principais fatores é a falta de higiene pessoal, o não uso de mascaras, essas que terão que serem usadas, conforme decreto estadual, e por fim a pura ignorância de quem não tem o mínimo de cuidado e amor no coração.

Acredito que uma divulgação ampla, bem feita, de fácil entendimento, junto com a rigidez da lei, que terá em algum momento que ser imposta pela polícia e autoridades, assim as pessoas se conscientizem que a melhor prevenção é o isolamento, os cuidados básicos e simples que cada um tem que ter.

Esse vírus invisível aos olhos humanos tem que ser combatido, e esse combate terá que partir de cada um de nós, senão, a coisa não irá se resolver em pouco tempo, e iremos com certeza sofrer as consequências graves mais a frente. Embora já tenhamos várias situações, desemprego, o comércio em sua maioria fechado, a fome, e acima de tudo a falta de deus no coração de várias pessoas que ainda insistem em brincar com essa doença. Quanto entes queridos teremos que perder pra realmente enxergar o tamanho do caos que é essa COVID-19?

Ficam aqui o nosso recado e apelo. Fiquem em casa, só saiam pra rua se for amplamente necessário, vamos vencer esse mal, só depende de nós.

Por Júnior Cavalcanti