Destaque

Carnaíba recebe mais uma vez o Certificado Ouro da Coordenação Estadual do Programa Bolsa Família na EducaçãoCarnaíba recebe mais uma vez o Certificado Ouro da Coordenação Estadual do Programa Bolsa Família na Educação

O município de Carnaíba recebeu mais uma vez o reconhecimento da Coordenação Estadual do Programa Bolsa Família na Educação pelo...
Leia mais
Destaque

Raquel Lyra destaca apoio do Estado ao empreendedorismo local durante feira do Sebrae-PE

Pernambuco conta com espaços no evento para apresentar serviços e programas como o Bora Empreender, que incentiva a formalização de...
Leia mais
Destaque

Zeinha Torres divulga conquistas durante a Marcha dos Prefeitos

O prefeito de Iguaracy, Zeinha Torres, utilizou suas redes sociais para compartilhar os resultados de sua agenda em Brasília, realizada...
Leia mais

Lesões e polêmicas fazem valor de Neymar despencar

Neymar, atacante brasileiro do PSG

          Neymar, atacante brasileiro do PSGFoto: Andrej Isakovic / AFP

Desde que chegou ao Paris Saint-Germain, em 2017, Neymar parece ter visto sua vida virar de cabeça pra baixo. Suas seguidas lesões e algumas polêmicas extra-campo fizeram com que o valor de mercado do craque brasileiro despencasse. É o que indica o estudo do Centro Internacional do Estudo do Esporte (CIES) nesta segunda-feira (10).

Em 2019, antes de sua primeira lesão no pé direito na temporada, Neymar iniciou o ano avaliado em cerca de 213 milhões de euros (R$ 937 milhões). Cinco meses depois, o camisa 10 da Seleção desvalorizou cerca de R$ 277 milhões, e viu seu valor de mercado despencar para 150 milhões de euros (R$ 660 milhões). Nesse meio tempo, o atleta insultou o árbitro da partida PSG x Manchester United, pela Champions, agrediu um torcedor depois da final da Copa da França, e está envolvido em polêmica de suposto estupro. 

Neymar foi comprado pelo PSG junto ao Barcelona pelo valor de 222 milhões de euros (aproximadamente R$ 975 milhões na cotação atual).

O site Transfermarkt mostra que Neymar está avaliado em 180 milhões de euros (R$ 790 milhões). Entretanto, cortado da Copa América por lesão, e longe das disputas por prêmios individuais, o valor do ex-santista, no portal especializado em negociações do mundo da bola, deve cair em breve.

De acordo com o periódico francês “L’Equipe”, Neymar participou de apenas 51,8% dos compromissos do PSG, desde sua chegada a Paris há dois anos. O que deixa ainda mais evidente que os problemas físicos, somados às questões fora das quatro linhas, vem colocando em declínio a carreira do astro.

Deixe um comentário