Destaque

Em Sertânia, ponte da RFFSA sumiu

Uma ponte de ferro de aproximadamente 30 metros foi levada próximo ao distrito de Henrique Dias, Sertânia. A denúncia foi...
Leia mais
Destaque

Dom Limacêdo Antônio assume Diocese de Afogados da Ingazeira hoje; veja a programação

Logo mais, às 17h, no patamar da Catedral do Senhor Bom Jesus dos Remédios, em Afogados da Ingazeira, acontece a...
Leia mais
Destaque

Prefeitura de Afogados da Ingazeira iniciou mutirão de recolhimento de entulhos na cidade

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira iniciou um grande mutirão para o recolhimento de entulhos em áreas críticas da cidade....
Leia mais

Na Pajeú FM, Paulo Câmara reclama de estados e municípios fora da reforma, mas não promete apoio

Participando de agenda em Afogados da Ingazeira, por ocasião dos 110 anos do município, o governador Paulo Câmara falou em entrevista à Rádio Pajeú 104,9 FM que Pernambuco tem pautas federativas, mas infelizmente o Governo Federal reduz isso à Reforma da Previdência e quer fazer isso sem Estado e municípios. “É muito ruim para o futuro da previdência”.

Sobre o Programa Caminhos de Pernambuco prometeu priorizar muito a recuperação do que já existe, o olhar principal nesse momento, mas não vãos deixar de fazer os projetos, para que tão logo a situação melhore, a gente possa começar obras que ainda não iniciaram. “Recuperar o que existe, finalizar o que estava parado e fazer os projetos para tão logo que a situação fiscal melhore ter condições de dar ordens de serviço e fazer novas estradas. São R$ 500 milhões garantidos no programa”.

Sobre a Duplicação do acesso a Afogados, o governador disse que foi feita uma liberação importante para que esse projeto possa avançar. “Esperamos que agora a gente possa finalizar sem nenhum contratempo, até porque o planejamento está muito mais acertado para que não falte recursos para essa obra de duplicação”.

Sobre o Aeroporto de Serra Talhada, Paulo Câmara completou: “Temos toda a condição de deixar pronto ainda esse ano se não aparecer novas exigências”.

Deixe um comentário