Destaque

Governo amplia atendimento a potenciais beneficiárias do Programa Mães de Pernambuco

A Secretaria de Administração (SAD), em parceria com a Secretaria de Assistência Social, Combate à Fome e Políticas sobre Drogas...
Leia mais
Destaque

Campus do IFPE se prepara para a VI Feira de Ciências e Inovação de Afogados da Ingazeira

O Campus do IFPE de Afogados da Ingazeira juntamente a toda a comunidade escolar está se preparando para a VI...
Leia mais
Destaque

Congresso da Amupe contará com a Caravana Federativa do governo federal

Iniciando nesta segunda-feira (15), Olinda (PE) recebe a Caravana Federativa, uma ação do governo federal que visa levar serviços e...
Leia mais

Detentos fugiram da Cadeia Pública de Itapetim, de novo

Em pouco mais de um anos, duas fugas foram registradas na Cadeia Pública de Itapetim, no Pajeú. Ontem, às 20h30, os detentos Nelson Soares e João Ricardo, outras informações não repassadas, fugiram depois de serrarem as grades. Em agosto de 2018 outros dois presos também escaparam. Eles foram recapturados tempo depois pelas equipes do GATI do 23ºBPM.

Com três celas interditadas, a Cadeia de Itapetim conta atualmente com 35 presos em outras três celas em condições tidas como desumanas. Esgoto a céu aberto, instalações elétricas deficientes, dentre outros problemas são conhecidos.

Construída a mais de 40 anos, a Cadeia de Itapetim nunca passou por uma reforma. Em outubro de 2018, o Ministério Público deu prazo de dez dias para que o Estado tomasse providências quanto à situação do prédio.

Diante do quadro de insalubridade e risco de fuga, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou ao secretário estadual de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, a reforma urgente da Cadeia, com transferência de todos os 25 presos para as unidades prisionais em condição de segurança mais próximas desta Comarca, no prazo de dez dias úteis, sob pena das medidas judiciais cabíveis. Nada foi feito.

Deixe um comentário