Destaque

Governo amplia atendimento a potenciais beneficiárias do Programa Mães de Pernambuco

A Secretaria de Administração (SAD), em parceria com a Secretaria de Assistência Social, Combate à Fome e Políticas sobre Drogas...
Leia mais
Destaque

Campus do IFPE se prepara para a VI Feira de Ciências e Inovação de Afogados da Ingazeira

O Campus do IFPE de Afogados da Ingazeira juntamente a toda a comunidade escolar está se preparando para a VI...
Leia mais
Destaque

Congresso da Amupe contará com a Caravana Federativa do governo federal

Iniciando nesta segunda-feira (15), Olinda (PE) recebe a Caravana Federativa, uma ação do governo federal que visa levar serviços e...
Leia mais

Belém do São Francisco: Vereadores que aprovaram contas de ex-prefeito viram réus no processo

Por André Luis

Em 13 de maio de 2014, a Segunda Câmara do TCE por unanimidade emitiu parecer prévio, recomendando à Câmara de Vereadores de Belém do São Francisco, Sertão do Itaparica, a rejeição das contas do ex-prefeito Gustavo Caribe, há época no PSB, relativas ao exercício financeiro de 2012 (Processo TC N. 1350052-1).

De acordo com o conselheiro e relator do processo, Marcos Loreto, a equipe de auditoria identificou diversas irregularidades nas contas, que ensejaram a emissão do parecer prévio, sendo que as mais graves foram as seguintes: “realização de despesas nos dois últimos quadrimestres sem deixar dinheiro em caixa para honrar os compromissos, infringindo a Lei de Responsabilidade Fiscal, não execução da dívida ativa, aumento da dívida flutuante em cerca de 40% em relação ao exercício de 2011 e não recolhimento ao Regime Próprio e Geral da Previdência no valor de R$ 3,4 milhões” justificou o relator há época.

Em maio de 2017, a Câmara de Vereadores de Belém do São Francisco, decidiu por unanimidade, aprovar as contas do ex-prefeito Gustavo Caribé (PSB). A votação aconteceu na manhã do dia 9, e contou com 11 votos a zero.

Agora chega a informação de que os 11 vereadores responsáveis pela aprovação das contas do ex-prefeito, também viraram réus no processo. São eles: Aida Raquel Nogueira Magalhães, Dorgival Júlio dos Santos, Joaquim Valdivino do Nascimento Júnior, Joselito Nogueira do Nascimento, Lourivaldo Reis Dias, Joase Campos Lima Júnior, Acácio Murilo Eufrásio da Silva, Antônio Temístocles Marques de Carvalho, Valdir Moreno de Souza, Vanderlino Moreno e Aurora Guedes Neta.

O ex-prefeito Gustavo Caribé, foi candidato a deputado estadual de Pernambuco no pleito de 2018, pelo PRTB, obteve 14.809 votos totalizados (0,33% dos votos válidos) mas não foi eleito.

Deixe um comentário